Os melhores sabores de Ribeirão Preto

Toda vez que conhecemos uma cidade pela primeira vez ou a ela retornamos, somos surpreendidos pelas suas cores, seu clima, seus aromas, sons e sabores. Um mosaico de sensações que, aos poucos, transformam-se em referências na nossa memória e em experiência singular de encontro com a cidade.

Embora localizada no interior do estado de São Paulo, Ribeirão Preto reúne o melhor da culinária brasileira que, assim como a própria formação histórico-cultural do país, é marcada por influências europeias, africanas e indígenas. Ingredientes e temperos típicos de cada canto do país vão compondo as peculiaridades gastronômicas das diversas regiões brasileiras. Ribeirão Preto oferece a possibilidade de experimentar alguns dos diversos sabores da culinária nacional. Da tradicional culinária nordestina a um churrasco tipicamente gaúcho, os restaurantes da cidade propiciam uma experiência de sabores e aromas incomparáveis.

A influência da cozinha internacional também se faz presente em nossa cidade. Aos amantes das culinárias italiana, francesa e japonesa não faltam opções para degustar pratos e bebidas típicas.

Ribeirão Preto também tem seus sabores originais, que a tornam singular e lhe conferem uma identidade. Historiadores contam a história da cidade tomando como referência os frutos de sua terra.

Inicialmente, as lavouras de café serviram de eixo organizador dessas histórias e até hoje é um dos sabores mais cultivados. Um bom café pode ser degustado em elegantes e charmosas cafeterias pela cidade. Passeando pelo Centro, não deixe de conhecer a tradicional cafeteria A Única, inaugurada em 1937, que além de ser conhecida pelas variadas preparações com café, também é cenário de encontros de políticos, empresários e artistas que visitam Ribeirão Preto.

Antes mesmo da crise cafeeira, Ribeirão Preto iniciou o processo de industrialização e a água pura do Aquífero Guarani atraiu a Companhia Cervejaria Paulista, que se instalou na cidade em 1910 e mais tarde inaugurou a Choperia Pinguim, que se tornou o local preferido de encontro dos Barões do Café e atração imperdível para os visitantes até hoje. Afinal, visitar Ribeirão Preto e não tomar um chope no Pinguim é ir a Roma e não ver o Papa. O prédio onde funciona a choperia no Centro da cidadex faz parte do conjunto arquitetônico do Quarteirão Paulista, formado pelo Teatro Pedro II, o prédio do antigo Palace Hotel e o Edifício Meira Júnior. Motivos não faltam para degustar o famoso chope do Pinguim. Além do chope, a cerveja é outra bebida a se degustar em Ribeirão. Os fins de tarde, com clima um pouco mais ameno, são convidativos para experimentar rótulos produzidos por cervejarias locais e regionais.

Aos poucos, o café foi sendo substituído por outras culturas e a cana-de açúcar, que passou a liderar a economia nacional, fez nascer um “mar de cana” na região de Ribeirão Preto. E é da doçura da cana que nasceu outra bebida tradicionalmente consumida pelos ribeirão-pretanos: o caldo de cana ou garapa, que pode ser apreciada “in natura” ou misturada em sucos e outras preparações. No centro da cidade, os visitantes encontram uma variedade de opções para saborear uma garapa geladinha e refrescante.

Endereços:

A Única: R. São Sebastião, 465 – Centro, Ribeirão Preto

Pinguim II: R. General Osório, 389 – Centro, Ribeirão Preto

Obs: A choperia também possui lojas nos Shoppings da cidade.

Da esquerda para direita: Pinguim, teatro Pedro II e Centro Cultural Palace (Imagem: https://goo.gl/fQ1HYK)

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: